Skip to main content

Acabou no Sábado passado a edição Outono Inverno 2015 do Portugal Fashion, o evento da indústria da moda nacional que mostra o melhor que há em termos de marcas e criadores no país. São 4 dias de desfiles, sendo o primeiro na cidade de Lisboa e os 3 seguintes no Porto. A escolha dos espaços onde os desfiles acontecem são sempre uma boa surpresa pois nos levam a conhecer palácios e edifícios históricos que muitas vezes não teríamos a chance ou a curiosidade de ir. Nesta edição, por exemplo, tive a privilégio de conhecer o lindíssimo Palácio Foz em Lisboa e o Palácio da Bolsa, no Porto – me deixaram encantadas com tanta beleza. E nada melhor que espaços assim, com tanta força, para cenário de um espetáculo do mundo da moda. A sensação ao assistir um desfile num ambiente imponente torna a experiência inifinitamente mais interessante. Com excelentes designers, a moda Portuguesa se mostra mais madura e na direção certa. Qualidade, matérias, acabamentos, caimento e criatividade estiveram presentes. No Espaço Bloom a oportunidade era dada aos novos nomes, jovens talentos que precisam e merecem esta plataforma de arranque. E para completar, o espaço comercial Brand Up com o showroom das marcas para compradores verem as coleções. Tudo coordenado faz do Portugal Fashion um acontecimento não só puramente espetáculo, mas também negócio. E isso é o que se quer, fazer da moda um conceito rentável e bem trabalhado em todos os sentidos – protegendo a identidade de cada criador mas ajudando que o trabalho seja reconhecido pelo maior número de pessoas possível. Espero que este caminho continue sendo seguido com profissionalismo e vontade. Sou uma grande entusiasta da moda nacional – admiro e torço para que ela voe ainda mais alto!